sábado

A PF e o ''simbolismo penal''

Editorial Estadão

Ao tentar justificar os métodos utilizados pela Polícia Federal (PF) para realizar a Operação Satiagraha, que foram classificados como atrabiliários por juristas respeitados, independentemente do envolvimento dos acusados em esquemas de corrupção, o ministro da Justiça, Tarso Genro, afirmou que as prisões efetuadas pela PF constituíram a versão brasileira da Operação Mãos Limpas, que colocou empresários, políticos e chefes da máfia italiana atrás das grades, na década de 90, e disse que a atuação da corporação teve "um caráter educativo para a sociedade".

No despacho em que concedeu habeas-corpus a 11 dos 17 presos e autorizou os advogados a terem acesso ao inquérito, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, demoliu as justificativas do ministro da Justiça. Ele criticou o uso abusivo das prisões preventivas e dos grampos telefônicos, lembrou que o ordenamento jurídico brasileiro não prevê prisão com "a finalidade exclusiva de propiciar interrogatório de acusados", classificou a conduta dos federais como "totalmente descabida" e afirmou que eles violaram garantias fundamentais asseguradas pela Constituição.

Em seu despacho, Mendes transcreve uma análise que o jurista Norberto Bobbio fez da Operação Mãos Limpas, quando vários promotores e juízes italianos invocaram o combate à corrupção para justificar o recurso a métodos legalmente discutíveis "na luta contra o crime". Essa foi a maneira sutil que o presidente do STF encontrou para refutar o ministro Tarso Genro, sem citá-lo nominalmente. O respeito aos direitos individuais "é que permite avaliar a real observância dos elementos materiais do Estado de Direito e distinguir civilização de barbárie", concluiu Mendes, com base em Bobbio.

As advertências do presidente da mais alta corte do País não poderiam ser mais oportunas. Procurando mostrar a eficácia de suas ações de combate ao crime, há muito tempo a PF vem utilizando métodos que têm um sentido pretensamente simbólico ou "educativo", tentando passar para uma opinião pública não afeita às técnicas do direito a idéia de estar provada a culpa dos suspeitos antes mesmo da conclusão dos inquéritos. Com isso, sem terem sido ouvidos, processados e julgados, os suspeitos são apresentados como culpados em caráter definitivo.

É um flagrante desprezo à presunção de inocência e ao direito ao devido processo legal. Um dos exemplos mais ilustrativos desse "simbolismo penal" ocorreu em 2007, durante a Operação Navalha, quando a PF "vazou" um vídeo com cenas de uma suposta entrega de propina ao então ministro Silas Rondeau, tendo como fundo a trilha sonora do filme "O poderoso chefão". Na ocasião, os federais também "vazaram" a informação de que haveria um certo Gilmar Mendes numa lista apreendida, visto que desde sempre sabiam que se tratava de um homônimo do ministro do STF.

O problema do "simbolismo penal", como tem ficado evidente nas operações da PF, é o desprezo às regras mais elementares do direito. Muitas prisões são realizadas sem motivos concretos a justificá-las. Há casos de presos submetidos a degradante exposição pública sem que haja provas que os levem à condenação.

Na Operação Satiagraha, o caso mais absurdo foi o pedido de prisão de uma jornalista da Folha de S.Paulo, sob a justificativa de que teria divulgado dados sigilosos numa reportagem. Mais do que uma pretensão descabida, que em boa hora não foi acolhida pela Justiça, trata-se de uma inversão de valores, pois a corporação que acusa a jornalista de publicar dados sigilosos é a mesma que desprezou o sigilo ao "vazar" para a TV Globo as prisões do especulador Naji Nahas, do ex-prefeito Celso Pitta e do banqueiro Daniel Dantas (que foi novamente preso ontem, por ordem do juiz Fausto Martins De Sanctis).

Evidentemente, corrupção e o crime organizado têm de ser combatidos com o máximo rigor e pelo menos os três principais acusados pela Operação Satiagraha, como dizíamos no nosso editorial de ontem, "não é de hoje que freqüentam a crônica policial".

O cenário que justifica plenamente a investigação da PF está descrito no editorial abaixo, O arranha-céu da promiscuidade. Mas isso não significa que a legitimidade dos fins justifique o desprezo à legalidade dos meios, abrindo caminho para um Estado policial midiático. Pois sem o devido processo legal não existe Estado Democrático de Direito.

4 Comments:

At 3:04 AM, Blogger ninest123 said...

ninest123 16.03
michael kors handbags, oakley sunglasses, prada outlet, ray ban sunglasses, prada handbags, tory burch outlet, nike free, gucci handbags, michael kors outlet, louis vuitton outlet, replica watches, cheap jordans, michael kors, louis vuitton handbags, uggs outlet, oakley sunglasses, tiffany jewelry, ralph lauren outlet, louis vuitton outlet, nike air max, louis vuitton outlet online, michael kors outlet online, louis vuitton, longchamp outlet, ralph lauren polo, uggs on sale, cheap oakley sunglasses, tiffany jewelry, longchamp bags, replica watches, nike outlet, louboutin shoes, louboutin uk, ray ban sunglasses, michael kors outlet online, uggs on sale, burberry factory outlet, burberry outlet, oakley sunglasses, uggs outlet, christian louboutin, oakley sunglasses, uggs on sale, michael kors outlet online, christian louboutin, longchamp outlet, nike air max, ray ban sunglasses

 
At 3:06 AM, Blogger ninest123 said...

nike roshe uk, lululemon outlet, nike air max pas cher, new balance, nike air force, coach outlet, ralph lauren pas cher, nike tn pas cher, polo lacoste pas cher, coach outlet store online, hogan sito ufficiale, sac guess pas cher, abercrombie and fitch UK, nike roshe run pas cher, nike free, lunette oakley pas cher, true religion outlet, true religion jeans, polo ralph lauren uk, nike blazer pas cher, abercrombie and fitch, nike air max uk, mulberry uk, replica handbags, michael kors uk, longchamp soldes, vans pas cher, converse, hollister uk, michael kors, louboutin pas cher, michael kors outlet online, timberland pas cher, lunette ray ban pas cher, nike air max uk, north face uk, longchamp pas cher, vanessa bruno pas cher, coach purses, burberry pas cher, true religion outlet, nike free pas cher, true religion outlet, michael kors, hermes pas cher, nike air max, jordan pas cher, north face pas cher, ray ban uk

 
At 3:18 AM, Blogger ninest123 said...

iphone 6s plus cases, ghd hair, wedding dresses, vans scarpe, instyler ionic styler, vans outlet, oakley, iphone 6s cases, insanity workout, herve leger, giuseppe zanotti, s6 cases, p90x workout, nike air max, jimmy choo outlet, nike air max, timberland boots, ipad cases, asics running shoes, nfl jerseys, abercrombie and fitch, louboutin, reebok outlet, north face outlet, mcm handbags, abercrombie, north face outlet, hermes handbags, iphone 5s cases, new balance shoes, converse, mac cosmetics, iphone cases, iphone 6 plus cases, bottega veneta, softball bats, beats by dre, chi flat iron, iphone 6 cases, longchamp uk, soccer jerseys, lululemon outlet, valentino shoes, hollister clothing, celine handbags, hollister, babyliss pro, polo ralph lauren, salvatore ferragamo, mont blanc, nike roshe run, soccer shoes

 
At 3:18 AM, Blogger ninest123 said...

juicy couture outlet, lancel, canada goose outlet, sac louis vuitton, canada goose jackets, toms shoes, ugg,uggs,uggs canada, ugg uk, replica watches, canada goose jackets, moncler uk, wedding dresses uk, sac louis vuitton, canada goose outlet, coach outlet, karen millen uk, thomas sabo uk, pandora jewelry, gucci, barbour, canada goose uk, canada goose pas cher, links of london uk, hollister, ugg pas cher, pandora jewelry, montre pas cher, moncler, swarovski jewelry, pandora charms, converse shoes outlet, canada goose, louis vuitton, moncler, ray ban, louis vuitton, canada goose, supra shoes, bottes ugg pas cher, moncler jackets, marc jacobs, juicy couture outlet, swarovski uk, moncler, ugg,ugg australia,ugg italia, moncler pas cher, moncler outlet, barbour jackets uk, louis vuitton uk, pandora uk, moncler
ninest123 16.03

 

Postar um comentário

<< Home