quarta-feira

Ministro notifica Lula para depor na ação penal do mensalão

Lula e o seu ex-ministro da casa Civil, José Dirceu, denominado no processo do 'Mensalão' como o Chefe-da-quadrilha.


O ministro Joaquim Barbosa, relator da ação penal do mensalão, enviou ofício ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva informando que o presidente da República foi citado como testemunha de defesa pelos réus Roberto Jefferson e José Janene, segundo a edição desta quarta-feira da Folha de S.Paulo. Jefferson, atual presidente nacional do PTB, teve seu mandato de deputado federal cassado pela Câmara em 14 de setembro de 2005. Janene, ex-líder do PP, foi inocentado pela mesma Casa em 6 de dezembro de 2006. Segundo o Código de Processo Penal, o presidente, entre outras autoridades, pode depor em local, dia e hora previamente ajustados com o juiz. O depoimento pode ser pessoalmente ou por escrito. Segundo a Folha, o Ministério Público Federal e os advogados dos 39 réus poderão fazer perguntas a ser deferidas pelo relator. O vice-presidente José Alencar, indicado como testemunha pelo deputado Valdemar Costa Neto, optou por responder por escrito. O presidente da Câmara, deputado Michel Temer (PMDB-SP), foi citado como testemunha pelo réu José Rodrigues Borba. Redação Terra.


ESCÂNDALO DO MENSALÃO - NOTAS DE ARQUIVO:



"Entenda o julgamento do "mensalão" (Veja)
"Lula nega "mensalão", mas admite caixa 2 no PT" (Folha)
"Lula sabia do "mensalão" desde 2004, diz revista" (Terra)
"Supremo Tribunal processa amigos de Lula por 'mensalão' (Diário de Notícia, Portugal)


1 Comments:

At 4:24 PM, Blogger Eliana Gerânio Honório said...

Bom dia!

 

Postar um comentário

<< Home